domingo, 15 de fevereiro de 2009

Absolutely adorable...



"Não quero "tentar" ser feliz
Eu quero o amor pronto
É por isso que antes de amar eu quero amizade.
Verdadeira.
Não quero alguém que não tenha passado pelas minhas desaventuras.
Eu já fui tudo nessa vida: anjo, demônio, mocinho, bandido, príncipe e carrasco.
Agora eu quero viver. E nada de zerar o cronômetro.
Eu quero começar é daqui mesmo, com muito ou pouco mas com o que tenho.
Quero alguém que não tenha exatamente o que me falta.
Pra apanharmos juntos do mundo.
Não quero ensinar mais nada.
Sozinho.
Quero começar amando e ganhando de 3x0
E não o 0x0 onde todo mundo erra.
Mesmas besteiras, mesmas bobagens, babaquices, ciúmes, tolices, desconfianças, incompatibilidade...
Não quero começar com os mesmos joguinhos e brincadeiras que já se foram.
Não quero amar como quem tem os dias contados
Odeio sofreguidão pelo que nem existe ainda
Eu quero um amor lento
Nascendo devagar... como toda arvore centenária que não nasce da noite pro dia.
...e com raízes profundas e firmes.
Que não se vá com o primeiro vento de tempestade.
Entenda tempestade como quiser.
Eu quero um amor certinho, ameno, divino
Um relógio.
Um robô.
Porque eu sobrevivi aos 30.
E não tenho mais pressa de amar"
( M. P.)

Noite de sábado... ponto com... ponto bê-érre.


No meio de mais de 20 milhões brasileiros, um ganha destaque aos meus olhos: canceriano, nordestino, solteiro, louco por futebol e pai apaixonado. Um homem que, de repente, entre um cigarro e outro, trouxe o coração às mãos e deixou que delas brotassem palavras que me fizeram pensar muito... e que, portanto, inspiram minha escrita neste momento.


Um dia alguém disse que os “homens são de Marte e as mulheres são de Vênus”. No momento em que isso aconteceu, jogaram-nos todos num balaio de vime, separados por uma placa de aço intransponível... e dividiram–nos por gêneros! Ou seja: todos os homens são iguais, todas as mulheres também e a principal causa do desentendimento dos casais é que o masculino e o feminino, definitivamente, são diferentes... e não falam a mesma língua!


A solução para isso é apenas uma: a integração dentro de cada indivíduo – independente de sua classificação de gênero - da razão (essencialmente masculina) com a intuição ( essencialmente feminina), da sensação ( masc.) com o sentimento( fem.), da objetividade com a subjetividade... enfim! E a partir desse equilíbrio interno, saber também reconhecer no outro suas necessidades primordiais e respeitá-las.


Há um bom tempo atrás, os homens se escondiam para lidar com suas características internas relacionadas ao comportamento feminino. E para as mulheres também era vergonhoso assumir atividades de caráter masculino, a partir de sua lógica.


Porém os tempos mudaram. Estamos em pleno século XXI e, enquanto as mulheres começaram a ganhar espaços maiores em setores mais representativos da sociedade, aprendemos a respeitar as lágrimas de um homem, afinal... “os brutos também amam”! 


Então porque - mesmo com toda consciência teórica sobre o assunto - eu me sinto tão tocada ao ver um homem expor seu coração dessa forma? A resposta mais rasa que provavelmente eu daria, sem pensar muito, é que sou apenas uma “romântica inverterada”. Não. Não é isso.


A verdade é que eu me emociono profundamente com o ser-humano, principalmente quando o percebo assim inteiro... dono de si... com toda sua razão e emoção à flor da pele, independente de gênero, “número e grau”.


Concluindo, segue aqui um recado pro meu mais novo amigo ( e também a quem mais possa interessar): fique tranquilo, o que é seu tá guardado...!!! Com certeza existe uma pessoa por aí, tão pronta quanto você, afim de viver essa forma de amor: SUBLIME! E então, esse dois “inteiros” quando se encontrarem... serão dois! INTEIROS!!! ( mesmo que a soma pareça resultar numa coisa só).


E tenho dito.


_____________________________________

* não sei onde foram feitas as imagens do vídeo acima... de toda forma, em 2006, conheci pessoalmente "Eusébia e Eustáquio" - o casal de lontras do Oceanário de Lisboa (PT). É o amoooorrrrr...!!!!!! :-)

4 comentários:

mprazin disse...

Menina "R", obrigado pelas palavras. Uma honra (sempre acabo achando do caralho quando sou citado em algum blog bacana, claro). E pra ficar ainda mais congruentes lembro que o último post la na Turma é exatamente sobre o seu comentário sobre homens x mulheres. Um xeru.

Anônimo disse...

Não quero acabar com o romantismo do mundo, mas tenho que comentar sobre o vídeo. As pequenas lontras estão longe de ser românticas nesse vídeo, mas não menos impressionante é o motivo para estarem de "patas dadas".
Desse modo elas se cansam menos, pois não correm o risco de o corpo girar no próprio eixo enquanto flutuam.
Não se irritem comigo, mas inteligência muitas vezes é mais sexy que romantismo.

*R. disse...

Sr(a). Anônimo(a)...

De nenhuma forma ficaria irritada com vc... muito pelo contrário! Tenho que agradecer imensamente pelo esclarecimento a respeito do comportamento no reino animal... mas preciso te perguntar uma coisa: vc tem certeza que leu o que eu escrevi lá? Como, depois disso, vc ainda conseguiu ser tão RASO(A) em sua interpretação? ( ok, sinto que preciso te ajudar a entender melhor o motivo desse video estar aqui).

Bom, o objetivo desse post nunca foi o de ser "sexy"... mas se "sexy" pra vc é ser inteligente, tenho que te dizer que acredito que ser INTELIGENTE é, antes de tudo, perceber o universo de uma forma mais ampla. Esse é o principal assunto descrito por mim.

A partir daí podemos começar a analisar melhor o amor, o auto-conhecimento, nossos relacionamentos e parcerias... mas não se preocupe! Seus problemas acabaram! Se vc não ta conseguindo alcançar, posso explicar. :D

Vc deve concordar comigo num ponto: os animais agem por instinto, certo? E o "bicho-homem" é o único capaz de estabelecer um vínculo entre suas ações e seus sentimentos, através da razão.

Racionalmente eu nunca diria que as lontras estão "apaixonadas"... mas instintivamente, reconhecendo suas necessidades, elas estabelecem uma PARCERIA SINCERA que muito ser-humano não consegue estabelecer. E isso é ABSOLUTAMENTE ADORÁVEL!!! É a natureza nos mostrando um exemplo a ser seguido. E se vc está preso(a) somente à idéia do amor romântico, "please... just OPEN YOUR MIND"!!! Isso pra mim, também é amor.

A vida é pode ser mais leve, Sr(a) Anônimo(a)...e seu céu, mesmo nublado, pode ter mais tons de azul dentro desse cinza que vc criou.

Espero poder ter ajudado...

Volte sempre que quiser, ok?

Um beijo imenso!!!
Com AMOR!

mprazin disse...

...e tenho dito.